Wiki Donkey Kong
Vocês nunca vão bater em nós Kremlings desta vez!
~ Klubba

Kremling é uma raça avançada de crocodilos onde era nativa em uma extinta ilha muito distante da Ilha DK conhecida como a Ilha dos Crocodilos que foi a primeira antagonizar a franquia.

Biologia

A maioria dos Kremlings são parecidos com crocodilos por causa de suas cabeças, escamas, dentes afiados, barrigas amarelas, caldas e unhas nos 3 dedos dos pés.

A diferença estão em seus troncos, por exemplo: a subespécie Kritter são bipedes, braços e mãos com 4 dedos.[1] A subespécie Klaptrap são quadrupede contendo 4 patas.[1] A subespécie Krockhead que é a primitiva só mostra apenas a cabeça grande.[2]

Eles possuem diferentes cores como: verde, roxo, azul, marrom, amarelo, cinza, laranja, vermelho e rosa. Alguns dos Kremlings tem algo que nenhum réptil jamais tem, que são: mamilos, orelhas, chifres ou cabelo.

História

Os Kremlings nasceram no Mundo Perdido em que antigamente era uma tribo onde construíram armadilhas pra proteger o vulcão de energia.[3]

Evoluindo, já começou a era da pirataria onde mostra todos os objetos de valor em galeões, baús no vulcão central e cavernas do tesouro. Os Kremlings mortos-vivos Kloak, Kackle & Kritters esqueletos foram esses piratas. Visto nos quadros de K. Rool com a roupa de pirata em certos locais no Donkey Kong 64, este já era pirata antes de criar a monarquia na ilha.[4]

Já o K. Rool na liderança, os Kremlings foram transformados em uma raça de soldados duros e são tratados como escravos sob a presença autoritária do mesmo.[5][6] Durante o reinado da Kremling Krew, eles foram caracterizados por serem operadores de fabricas, desperdiçadores, tecnologicamente hábeis e químicos.

A causa do antagonismo em relação aos Kongs é desconhecida, mas se conheceram quando Klump e a metade do exercito da Kremling Krew de invadir a Ilha DK e estabelecendo uma base industrial na mesma para roubar a Horda de Bananas.[7][8] Até sua terra natal é conhecida pelos Kongs por ser vizinha da Ilha DK.[9][10]

Até indivíduos dessa especie foram estudantes de Wrinkly Kong onde a mesma tentou educa-los em seu colégio. Mas eles se mostraram burros como evidenciado pelas somas incorretas na lousa e um foi pego por trazer sua espada na aula.[11][12]

Meses atrás quando a sua terra natal some do mapa, vários Kremlings construíram varias bases em algumas ilhas e essa foi oportunidade perfeita de K. Rool encontrar essas bases para restaurar a Kremling Krew.[13][14][15]

Lista de Kremlings

Ver Também

Detalhes

  • Essa espécie originalmente foi destinada para um jogo cancelado chamado Jonny Blastoff and the Kremling Armada.[16].
  • Eles tem vários diversos apelidos, como: repteis, barrigas amarelas e principalmente largartos.

Referencias

  1. 1,0 1,1 Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pág. 12 & 13
  2. Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest Guia de Estratégia, Nintendo, 1995, pág. 15
  3. Resposta de Gregg Mayles no Twitter, recuperado 2 de Janeiro de 2019
  4. Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest Guia de Estratégia, Nintendo, 1995, pág. 20
  5. Klubba: "Kapitão K. Rool nos trata mal. Espero que vocês afundem os planos dele!" - Donkey Kong Country 2
  6. K. Lumsy: "K. Rool diz que eu sou muito mole para ser um Kremling e vou ficar aqui até eu endurecer." - Donkey Kong 64
  7. Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pág. 13
  8. Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pág. 88
  9. Wrinkly Kong: "Vocês foram ver meu marido Cranky? Ele reclama um pouco, mas ele sabe tudo sobre essa ilha." - Donkey Kong Country 2
  10. Cranky Kong: "Acho que encontrei todas as Kremoedas e completei o "Mundo Perdido" como é chamado. Oh, bem, não podemos esperar tudo do nosso primeiro jogo, podemos?" - Donkey Kong Country 2
  11. Wrinkly Kong: "Bem! Basta olhar para as somas que os Kremlings fizeram. Vergonhoso!" - Donkey Kong Country 2
  12. Wrinkly Kong: "Espero que vocês sejam comportados do que esses répteis. Por que, até peguei um afiando a sua espada ontem!" - Donkey Kong Country 2
  13. Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Manual de Instruções, Nintendo, 1996, pag. 4 & 5
  14. Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Guia de Estratégia, Nintendo, 1996, pag. 54
  15. Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Guia de Estratégia, Nintendo, 1996, pag. 76
  16. Twitter de Greg Mayles. Recuperado no dia 31 de Julho de 2017)