FANDOM


Kritter

Kritter

Sobre
Gênero

Masculino (varios membros)
Feminino (Kass & Kalypso)

Lado

Mal (maioria)
Bem (K. Lumsy)

Espécie

Kremling

Terra Natal

Ilha dos Crocodilos

Aliados

K. Rool (maioria)
Donkey Kong (K. Lumsy)

Inimigos

Família Kong (Kremling Krew)
K. Rool (K. Lumsy)

Status

Vivos (muitos)
Mortos (Kloak & Kackle)

Aparições

Varios jogos (exceto Donkey Kong Jungle Beat, Donkey Kong Country Returns & Donkey Kong Country: Tropical Freeze)

Não está fazendo sentido, mas não importa. Este é o território dos Kritters!
~ Kritter Verde em Mario Super Sluggers

Kritters (também conhecido como Kremlings[1][2]) são uma subespécie de Kremling mais comum da grossa população da Ilha dos Crocodilos e completamente ordinários.[3][4]

Os Kritters da Kremling Krew representam como a infantaria rasa treinada para obedecerem ao K. Rool e Klump.

Biologia

A subespécie Kritter é bípede, braços e 4 dedos nas mãos. O mais comuns deles são as pupilas verticais, olhos vermelhos, peitorais amarelos e varias cores nas escamas, como: verde, azul, marrom, amarelo, cinza, vermelho e roxo.

Os Kritters da Kremling Krew vestiam um par de ombreiras e joelheiras douradas no primeiro jogo. No Donkey Kong 64, todos eles usam coletes pretos com Jolly Roger humano por trás, cinto preta com uma fivela de caveira prateada e sandálias ninjas preta; claro que neste mesmo jogo eles possuem roupas e táticas diferentes. Começando com DK: King of Swing, os Kritters usam calças ocre, cinto marrom com uma fivela de caveira e braceletes pretos com espinhos.

História

Essa subespécie é fisicamente dominante da espécie Kremling onde mostra em todos os cantos da Ilha dos Crocodilos, nos templos da Kremlântida e no emblema da Kremling Krew.

Assim como todos os Kremlings, a subespécie Kritter originou-se no Mundo Perdido da Ilha dos Crocodilos onde toda sua cultura estava guardada. No passado antigo, foram eles que formaram a sociedade onde construíram armadilhas de estacas nos abismos para protegerem seu segredo em um vulcão de energia.[5]

Muitos Kritters mudaram o curso da história quando tradicionalmente eram relacionados a pirataria. K. Rool, um pirata que fundou a facção pirata Kremling Krew que passou pra ditatorial, é um Kritter.[6] A regência da Kremling Krew e a militância eram dominadas por Kritters.

Os Kritters comuns tem a habilidade de saltar, dar golpes, mordidas e correr ferozmente atrás do inimigo. Os Kritters magros (mais comuns), gordos ou baixinhos são fracos que podem ser derrotados por qualquer ataque dos Kongs. Há membros dessa subespécie musculosos, grandes ou corpulentos são bastante invencíveis aos ataques dos personagens fracos.

Embora a maioria dos membros da subespécie Kritter sejam masculinos, os dois membros como Kass & Kalypso são Kritters femininos. Há outros Kritters com a indumentaria pirata que estão mortos como Kloak & Kackle.

Outros Papéis

Rockkroc
Rockkrocs são um grupo de Kritters sujos de terra que são possuídos por uma força desconhecida que estavam aterrorizando a própria mineração em Donkey Kong Country.[7]

Os Rockrocs são Kritters que são sujos de terra com olhos vermelhos brilhantes.

Ao contrario dos Kritters comuns, eles são completamente invencíveis por qualquer ataque. Eles são completamente estúpidos por serem afetados pelas luzes dos Barris Semáforos. Mas quando fica tudo vermelho, se camuflam como um pedregulho (por isso o nome).[8][9]

Kobble
Kobbles são um grupo de Kritters que foram soldados não apreciados dos remanescentes Kremlings por aparecerem apenas nos píeres em Donkey Kong Country 3.[10]

Os Kobbles são Kritters verdes, barrigas de tons claros, olhos amarelos e usam piercing nos lábios debaixo.

Eles foram formados por meses depois em Mekanos onde serviram o novo mestre chamado KAOS.[11] Assim como os Kritters comuns, os Kobbles podem ser derrotados por qualquer ataque.

Skidda
Skiddas são um grupo de Kritters parecidos com os Kobbles, também foram soldados não apreciados dos remanescentes Kremlings por aparecerem apenas nos lugares nevados em Donkey Kong Country 3.

Os Skiddas são Kritters rosas parecidos com os Kobbles pelo mesmo aspecto.

Mais uma tropa dos remanescentes a serviço de KAOS que escorregavam no gelo sem cair. Podem serem facilmente derrotados como qualquer Kritter comum, mas se tornam mais complicado e rápido quando escorrega em caminhos transversais.

Koindozer
Koindozers são mais um grupo de Kremlings remanescentes membros do Klã Koindozer que apareciam apenas em uma das selvas do Núkleo de KAOS de Donkey Kong Country 3.[12]

Os Koindozers são Kritters rosados com barrigas roxas, equipado com um balde na cabeça e protegidos com um escudo.

Diferente dos outros remanescentes Kremlings, estes Kritters rosados são comandados pelo seu primo Koin antes da acensão de KAOS.[12] Diferente de seu primo que fica parado pra se proteger, esses Kritters andam com seus escudos pra empurrar os Kongs.

Kop
Kops são um grupo de Kritters da Kremling Krew que aparecem apenas num mini-jogo chamado Stealthy Swoop em Donkey Kong 64.

Os Kops são Kritters verdes musculoso de queixos grossos. Suas vestes são quepes militares vinhos, camisas brancas, gravatas vermelhas, relogio na mão esquerda, calças azuis e tênis brancos com preto.

Esses Kritters serviram de vigilantes para patrulharem os labirintos escuros nas fases de bônus e impedir que um membro da Família Kong chegue na linha de chegada. Eles precisam ser evitados por um dos Kongs por causa das suas lanternas, porque um dos mesmos vão perder o desafio e um deles chamara reforços com o comunicador portátil.

Kritter Cogumelo
Kritters Cogumelos são Kritters azuis disfarçados de cogumelo que aparecem Donkey Kong 64.

Como existem muitos cogumelos na Floresta de Fungos, os Kritters azuis da Kremling Krew que se disfarçaram de cogumelos para esperar os Kongs chegarem perto e começarem persegui-los. No período de noite, esses Kritters são substituídos pelo Kosha.

Kritter Esqueleto
Kritters Equeletos são Kritters mortos vivos que usam a indumentaria pirata junto como os dois Kritters indivíduos Kloak e Kackle.

Eles são encontrados na Floresta de Fungos no período de noite substituindo o Klump e no Castelo Arrepiante onde estão espalhados. Ao contrário dos Kritters normais que batem e mordem. Estes atacam com uma clava pregado nele e chutam. Estes Kremlings mortos-vivos perdem as partes do corpo por ataques leves até serem mortos de novo.

Kritter Fantasma
Kriters Fantasmas simplesmente são Kritters verdes da Kremling Krew vestindo um lençol velho com dois buracos para os olhos pra assumirem a aparência de um fantasma que aparecem em Donkey Kong 64.

Eles são encontrados somente no Castelo Arrepiante e muitas vezes não reaparecem (alguns em outras áreas). Ao contrário Kritters normais, eles atacam os Kongs simplesmente correndo atras dos mesmos.

Kritters Individuais

Dubladores

  • Dublador Inglês: Lawrence Bayne.
  • Dublador Japonês: Tokuyoshi Kawashima, Toshitaki Hirano.
  • Dublador Português: Sérgio Rufino, Ivo Roberto.

Galeria

Detalhes

  • O nome é o trocadilho de Critter que significa Bicho em inglês.
  • Outros grupos de Kritters tem trocadilhos diferentes.
    • O nome de Kobble é o trocadilho da palavra Cobble que significa Godo em inglês.
    • O nome de Kop é o trocadilho da palavra Cop que significa Tira em inglês.

Referencias

  1. Barton, Jeff, Mario De Govia, and Donato Tica. Donkey Kong 64 Guia Oficial Prima do Jogo, Nintendo, 1999, pag. 14
  2. DK: King of Swing Manual de Instruções, Nintendo, 2005, pag. 22
  3. Donkey Kong Country Manual de Instruções, Nintendo, 1994, pag. 28
  4. Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pág. 12
  5. Resposta de Gregg Mayles no Twitter, recuperado 2 de Janeiro de 2019
  6. Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest Guia de Estratégia, Nintendo, 1995, pág. 20
  7. Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pag. 14
  8. Donkey Kong Country Guia de Estratégia, Nintendo, 1994, pag. 48
  9. Donkey Kong Country Manual de Instruções, Nintendo, 2000, pag. 18
  10. Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Guia de Estratégia, Nintendo, 1996, pag. 12
  11. Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Guia de Estratégia, Nintendo, 1996, pag. 12
  12. 12,0 12,1 Donkey Kong Country 3: Dixie Kong's Double Trouble! Guia de Estratégia, Nintendo, 1996, pag. 100
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.